A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história

Bola na Aldeia

Márcio Couto
Médico, escritor e entusiasta do esporte
FUTEBOL

Nada de gols, mas muita emoção

Publicado em: 30/07/2020
FC Cascavel empatou com o Athletico no Olímpico Regional, encerrando sua participação histórica no estadual paranaense de 2020

Olha gente, na noite fria dessa quarta-feira, o FC Cascavel encerrou a sua participação no Campeonato Estadual de 2020, empatando com o Athletico Paranaense. Não tivemos gols, mas houve emoção. Como o nosso time reagiria depois da goleada sofrida no final de semana? Esta era uma pergunta difícil de responder. Afinal, o futebol também tem seus aspectos imponderáveis, sem lógica, abstratos, inesperados. Podemos assinalar que a resposta foi dada em campo. 

Tivemos um primeiro tempo equilibrado, com as equipes não se descuidando na defesa, partindo para o ataque de forma ordenado, com muitos toques de bola.  A batalha se desenrolou mais no meio de campo, com o Athletico retrancado, estudando o jogo. O time da capital veio para segurar a vantagem, com alguns titulares sendo poupados e duas linhas de defesa, que incluía até mesmo os atacantes, quando estavam sem a posse da pelota. 

O FC Cascavel demonstrou maturidade e controle emocional, procurando tocar mais a bola, sem o destempero e a ansiedade do final de semana. As jogadas eram pelos dois lados, buscando a infiltração dos atacantes, ora, e penetrações em profundidade em outros momentos. Sem gols no primeiro tempo, a disposição de defender do Athletico e a de atacar do FC Cascavel foram redobradas na segunda etapa. Boas chances e mais emoção, principalmente nos pés de nossos jogadores. Ficou barato o empate para os athleticanos, que tiveram o jogador Adriano  expulso aos 19 minutos, depois de cometer falta em  Magno. 

O técnico Marcelo Caranhato acertou a mão nessa jornada, com os zagueiros bem posicionados e o meio de campo saindo com rapidez para o ataque. Nossos bons jogadores, destacando-se Lucas Tocantins (sempre ele), Adenilson, Henrique e depois entrou Paulo Baya, se esforçaram muito e a ausência do gol da vitória  foi aquele famoso detalhe que deixou de acontecer. A bola não entrou, apesar de nossa equipe ter pressionado muito no final. O árbitro Lucas Paulo Torezin teve uma destacada atuação, muito correto. Teremos então uma final de campeonato com os dois gigantes da capital, Athletico X Coritiba, que bateu o Cianorte por 2x0 no segundo jogo, também disputado ontem. 

Bem, resta registrar a excelente campanha do FC Cascavel neste Paranaense que esteve interrompido por longos três meses em função do novo coronavírus. Um ano ruim pela pandemia, porém marcado pela participação histórica do nosso time, que empolgou a torcida da cidade e da região. Algo muito bom aconteceu para a comunidade: temos em casa uma das grandes forças do futebol paranaense que certamente dará muita alegria aos torcedores. Que venha a Série D do Brasileirão em setembro, que venham novas emoções.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751