Colunas

CAMPEONATO

FC perde a chance de pontuar 3 pontos e CCR permanece vivo

Publicado em: 30/04/2021


Nos dois extremos, FC joga mal e CCR surpreende
 

Pode ser legal, mas não é justa a decisão do TJD – Tribunal de Justiça Desportiva – do futebol paranaense, que de forma anacrônica, exagerada e até absurda puniu o FC Cascavel com a perda de 6 pontos por ter relacionado o goleiro amador João Pedro Fiorentim – sem o devido contrato profissional na ocasião da partida contra o Paraná Clube, quando venceu por 1x0.

O presidente do FC Cascavel Valdinei Silva relatou que o clube vai recorrer a todas as instâncias, ao Pleno do Tribunal do Paraná e se necessário até o STJD, no Rio de Janeiro – comenta até sobre a possibilidade de parar o campeonato – pois a fase seguinte do mata-mata depende da pontuação final da primeira fase. Analistas do esporte acreditam ser difícil reverter a situação. Seria melhor atualizar a legislação, no caso o Regulamento Geral de Competições, muito duro com as equipes nesses aspectos burocráticos. Nesse caso, o jogador não participou da partida, não influenciou, portanto, no resultado final.

Na partida dessa quinta-feira, em Maringá, o FC Cascavel precisava vencer para pontuar o máximo possível, e assim  retornar às primeiras colocações – e o Maringá se perdesse se aproximaria do bolo de equipes que vai brigar para não cair – nesse caso, para não cair novamente para a segunda divisão no próximo ano.

O jogo teve o predomínio do FC Cascavel na primeira etapa, com boas chances de gol perdidas. No segundo tempo, logo aos 6 minutos, o Maringá abriu o placar num ataque rápido que saiu dos pés do arqueiro e acabou com um bonito gol de Robertinho, que acertou o ângulo direito do goleiro Ricardo. O empate da Serpente Aurinegra veio também em seguida, aos 14 minutos, com gol de Robinho, numa bola que pipocou na grande área, depois de um abafa do ataque do FC.

Parecia que teríamos uma virada, mas na real foram oportunidades perdidas nos dois lados, resultando justo o placar final, pela falta de competência do FC para concretizar os gols no primeiro tempo. O resultado foi ruim para os dois times. O FC pega o Curitiba na capital na próxima rodada, segunda-feira. Permanece em quinto lugar na tabela, com 9 pontos. O Maringá é o vice-lanterna.                                                                                    

O Cascavel Clube Recreativo tentará se explicar, e isso será muito difícil, junto à justiça desportiva e à polícia civil pelos exames de Covid-19 fraudados, falsificados, no jogo contra o Athletico Paranaense.  O inquérito foi aberto, com duração inicial de 30 dias, e haverá punição aos culpados, com duras penas. A Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná denunciou o clube e mais 14 pessoas pela suposta falsificação – suposta mas já confirmada pela bioquímica responsável pelo laboratório que teria feito os exames.  A multa pode chegar até 200 mil reais e a suspensão de 180 a 720 dias. Os atletas e membros da comissão técnica e diretoria podem pegar um gancho de até 360 dias.  

O CCR jogou contra o Rio Branco, em Paranaguá, e precisava vencer para embolar a classificação entre os últimos e fugir do rebaixamento. O técnico Arthur Vaz, que substituiu o competente - porém não mágico - Luiz Carlos Cruz, com um time reformulado e desfalcado de experientes jogadores que pediram afastamento (como o gigante goleiro Tom Cristian,  os zagueiros Daniel e Fernando e os atacantes Wilson e Lucas Coelho), buscou dar alguma dignidade à participação do time num ano de pouca sorte, lamentavelmente. Mas no futebol tudo pode acontecer, não nos esqueçamos. E foi o que vimos.

O Cascavel Clube Recreativo abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo, num gol de Bruno. O empate do Leão da Estradinha aconteceu ainda no primeiro tempo, aos 35 minutos, com Douglas. Logo aos 4 minutos, azedou para o time de Cascavel, com o Rio Branco virando o jogo com um gol de Zezinho. Mas a Serpente histórica tricolor mostrou criatividade e determinação, com Castro empatando aos 19 minutos - ele também marcou o gol da virada do CCR aos 40 minutos. Renato Oliveira, numa jogada bizarra da defesa do Rio Branco, acabou marcando contra e fechou o placar: 4 a 2 para a Serpente Tricolor.

Com a vitória, o CCR permanece na lanterna mas embola com os últimos colocados. Haverá muita disputa para não cair entre os clubes que estão na zona de baixo.  O CCR tem quatro jogos para somar pontos e não ser rebaixado. Três jogos serão em casa - Londrina e Paraná Clube por primeiros; Operário fora e Maringá por último. Teremos muita emoção. A equipe mostrou ser guerreira.

São adversários diretos do Cascavel Clube Recreativo (4 pontos) o Maringá e o Toledo (com 5 pontos), e o Londrina (o jogo é segunda) e o próprio Rio Branco (6 pontos).  Operário (14 pontos), Coritiba (13 pontos) e Cianorte (12 pontos) estão nas primeiras colocações. O FC Cascavel está em quinto lugar, com 9 pontos e é o único time que não perdeu jogos.

Confira os resultados desta 7ª rodada do Campeonato Paranaense de Futebol.

Rio Branco 2 x 4 Cascavel CR
Toledo 1 x 1 Azuriz                                                 
Cianorte 0 x 1 Paraná Clube
Operário 1 x 0 Londrina
Rio Branco 2 x 4 Cascavel CR
Maringá 1 x 1 FC Cascavel
Athletico x Coritiba ainda jogam nesta rodada, porém sem data prevista.

A próxima rodada contará com os seguintes jogos:

Cianorte x Maringá – domingo (2), às 18h, no Estádio Albino Turbay, em Cianorte.
Toledo x Operário – domingo (2), às 16h, no Estádio 14 de Dezembro, em Toledo.
Coritiba x FC Cascavel – segunda-feira (3), às 20h, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.
Cascavel CR x Londrina – segunda-feira (3), às 18h, no Estádio Olímpico Regional, em Cascavel.
Paraná Clube x Rio Branco – segunda-feira (3), às 16h, no Estádio Durival Britto, em Curitiba.
Azuriz x Athletico – segunda-feira (3), às 16h, no Estádio Os Pioneiros, em Pato Branco.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!