Colunas

Q.I., Q.E., Q.A. O QUÊ? Quociente de adaptabilidade, o novo queridinho do mundo corporativo

Publicado em: 19/08/2020

A nossa capacidade de reagir proativamente a mudanças é uma das habilidades mais desejadas no cenário corporativo há anos, tanto que ela se transformou no novo quociente queridinho
 
Adaptabilidade é uma das palavras mais importantes dentro do ambiente corporativo do século XXI, mas, com a pandemia, a palavra adaptabilidade transformou-se em uma espécie de mantra para todos e em todos os ambientes.
A nossa capacidade de reagir proativamente a mudanças é uma das habilidades mais desejadas no cenário corporativo há anos, tanto que ela se tansformou no novo quociente queridinho. 

Temos bastante familiaridade com o famoso QI – quociente de inteligêngia -, que por muito tempo no ambiente acadêmico e corporativo reinou absoluto como sinônimo de sucesso. Porém, hoje entendemos que somente conhecimento técnico ou de conteúdo não é suficiente para que uma pessoa seja bem sucedida. 

Passamos a falar, então, do QE, quociente emocional, que teoricamente deve medir nossa inteligência emocional. Um indivíduo com alto conhecimento técnico, teórico e com baixa capacidade de conviver harmoniosamente com seus pares, ou com dificuldade para lidar com a frustração, provavelmente terá dificuldade tanto para se colocar no mercado de trabalho quanto para encontrar um parceiro amoroso.

Dessa maneira, o QE passou a ser ainda mais importante do que o QI, pois pessoas emocionalmente inteligentes, emocionalmente equilibradas, são bons lideres, bons parceiros amorosos e bons amigos.

Com a chegada do século XXI veio o conceito de mundo VUCA- Volátil, incerto, complexo e ambíguo, conceito que foi trazido pelo US Army War College, na década de 90 para explicar o mundo no cenário após guerra fria. E é nesse mundo que passamos a entender, que já não basta mais sabermos conteúdos, já não basta mais termos um bom QI, já não basta mais termos equilíbrio emocional ou um bom QE, no cenário atual é preciso ainda ter um bom QA, um bom quociente de adaptabilidade. 

Assim, quando nos depararmos com o inesperado, como a internet que cai no meio da reunião de trabalho por exemplo, precisamos ter um pouco de conhecimento para resuscitar a internet, precisamos ter equilíbrio emocional para não surtar e adaptabilidade para  usar celular se necessário for. O QA é tão valorizado que já é mensurado em entrevistas de emprego de muitas empresas e é a habilidade mais desejável em candidatos a vagas em multinacionais segundo o Linkedin.

A boa notícia é que todos estes Qs podem ser exercitados, são em grande parte habilidades aprendidas. E como o organizacional é proveniente do individual, ao incentivar e capacitar os colaboradores a se adaptarem, a empresa aumentará sua adaptabilidade e competitividade em um mundo cada vez mais V.U.C.A..

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!