A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história

Empresarial

Patrícia Dalzochio Fávero
Graduada em Direito, MBA Executivo em Estratégias Empresariais.
Empresária e apaixonada por gestão, vendas e comunicação

Quais mudanças que surgiram na pandemia? Vieram para ficar?

Publicado em: 26/11/2021
Em março de 2020 ninguém imaginava que o home office compulsório duraria mais de 15 dias. Mas cá estamos nós, quase dois anos depois ainda no novo “normal" da vida empresarial.

Foram muitos cenários e muitas dificuldades enfrentadas para adaptação de home office, delivery, atendimento e reuniões on-line, além de interrupções de fornecimentos, rescisões de contratos, aumento de custos e questões de saúde e segurança dos colaboradores e todos os setores sairão desta pandemia com alguma cicatriz.

Hoje já é possível observar as transformações que a pandemia desencadeou e que vieram pra ficar:

1)    Revisão de estratégia e modelo de negócios: as empresas que sobreviveram ao desafiador período de pandemia precisarão provar sua durabilidade e com certeza revisar sua estratégia de negócios, e as que pretendem seguir, mas ainda encontram dificuldades, precisarão rever seu modelo de negócios e buscar novas vertentes de atuação para não desaparecerem na estatística de fechamento.

2)    O absoluto digital: tudo ficou digital - fornecedores, clientes, universidades, medicina, tribunais… Além do aumento da frequência do uso da internet houve uma melhora significativa na eficiência de alguns setores. As empresas que não estavam no digital sofreram para conseguir encontrar um espaço, mas muitas descobriram um novo canal de comunicação e aumento de vendas com a internet.

3)    Novas formas de trabalho: alguns setores talvez jamais tenham imaginado a possibilidade de trabalho remoto para suas atividades, mas a pandemia mostrou um novo meio de trabalho, com um dress code diferente e desafios novos em adaptar cômodos em casa para um trabalho sem interrupções e com maior eficiência. O home office, ao meu ver, foi uma das maiores dificuldades de adaptação: em casa a sensação é de descanso, cuidar dos filhos, dos afazeres… e de repente a mesa da sala de jantar virou escritório, as crianças não estavam acostumadas a estarem tanto tempo com os pais. 

Todas essas formas possuem inúmeros desdobramentos, muita terapia e resiliência para adaptação. O assunto precisaria de muitas páginas para debate, já que não é só a estrutura empresarial que precisará sofrer reajustes, mas principalmente a familiar - tudo mudou. Serão muitas mudanças e um novo tempo que se inicia, e todos precisaremos de calma, paciência, estratégias e força para superarmos os efeitos que a pandemia seguirá demonstrando em nossas vidas.

Se antes do Covid-19 a palavra para as empresas era conforto e produtividade, após a pandemia a palavra reinvenção define a forma como o mundo empresarial precisou se adaptar as mudanças de consumo.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751