Colunas

Reflexos de uma crise

Publicado em: 12/09/2017

Entre as pessoas que estão no mercado de trabalho há muitos anos parecem ser sentidas sensações comuns. Ouvindo-as, é possível identificar um mesmo sentimento de incapacidade diante dos fatos. Outra sensação é a de dúvida quanto à competência técnica e quanto às perspectivas do segmento de negócios onde as pessoas atuam. Alguns dizem que não tem mais certeza quanto à capacidade de continuar atuando em suas áreas.

Muitos pensam, inclusive, em mudar de ramo de atividade ou de profissão. Alguns se culpam pelos resultados positivos que não aparecem. Outros se perguntam: O que estou fazendo de errado? Será que desaprendi a fazer algo que sempre fiz bem feito? A falta de resultados positivos está deixando as pessoas muito desconfortáveis.

Observo esse fenômeno já há algum tempo. Como prestador de serviços, também estou suscetível a essas dúvidas, pois o mercado parece cada vez mais restrito. E a que conclusões tenho chegado?

A maioria das pessoas que estão cheias de dúvidas hoje não desaprendeu a trabalhar e também não precisa mudar de profissão. Muitos, inclusive, estão se especializando ainda mais no que sabem fazer e estão cada vez mais dedicados aos seus afazeres. Onde está o problema, então?

O problema está localizado na redução expressiva do mercado, principalmente do mercado de serviços. As famílias estão cada vez mais sem possibilidades de gastar e investir e entre os primeiros cortes nos orçamentos estão os cortes de serviços. Essa drástica redução do consumo das famílias cria um círculo vicioso que só será revertido quando diminuir o nível de endividamento das famílias e as mesmas voltarem a demandar serviços. Isso é uma corrente. Mais consumo, gera ainda mais consumo.

E o contrário, também é verdade. Por isso, não precisa mudar de profissão e nem sofrer mais do que a restrição no consumo da família, gerada pela redução na renda, já provoca. Continuem sempre estudando e se especializando e tenham paciência e confiança em vossa capacidade profissional. Se mantenham motivados, pacientes e confiantes. As crises vêm e passam. Essa também passará.

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!