A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história

Entretenimento

Andressa Parizotto Ledur
Acadêmica de publicidade e propaganda, artista e apaixonada por comunicação
MODA

Expressão identitária: moda

Publicado em: 10/12/2021
Seguindo os questionamentos sobre o que pode ser considerado ou não entretenimento, surgiu uma nova dúvida: moda pode ser uma maneira de se entreter?

Lendo algumas matérias online, as principais referências à junção desses conceitos (moda e entretenimento) foram sobre o tie-die, dicas de como se vestir e o que portar, e como a pandemia mudou o modo como entramos em contato com esse tema.

Mas a abordagem que quero trazer aqui é como o modo que nos vestimos pode afetar não só como as pessoas nos veem, mas também como nos percebemos dentro de um ambiente.

Após milhões de sessões de terapia, fui convencida de que me vestir da maneira que desejo não precisa ser um empecilho na hora de sair de casa. Medo de chamar atenção, de ser brega, ou mesmo de não encontrar o estilo próprio foram questões muito trabalhadas na análise. Ao final de tudo, percebi que as roupas que usamos refletem a nossa personalidade, e até como nos sentimos no dia-a-dia, e que mostrar isso não é negativo.

Desde a maneira de comprar, até usar as roupas refletem muito os conceitos que acreditamos… e isso pode ser uma maneira de se entreter. Não digo isso me referindo a passar horas olhando lojas ou sites de moda e tendências, mas como referência a arte de expressar os sentimentos e o que acreditamos através da nossa aparência. 

Mostrar para o mundo a nossa identidade é como conhecemos novas pessoas com interesses semelhantes e encontramos caminhos diferentes, como se saíssemos da caixa do usual jeans e camiseta. Uma forma de diferenciação e de evidenciar o que acreditamos sem precisar falar: como uma linguagem não verbal. O autoconhecimento é a base para essa externalização. 

Acredito em um mundo mais plural, em que não encontremos soldados uniformizados com marcas estampadas na pele sem refletir sobre o sentido daquilo na própria identidade. E você?




 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751