Colunas

Gastronomia, afeto e quarentena

Publicado em: 21/05/2020

A gastronomia mudou e vai continuar mudando, tanto nas relações humanas afetivas quanto no que e como fornecemos nossos produtos e serviços

/arquivos/images/DSCF0143.png

É fato que a gastronomia ou a forma como estamos nos relacionando com o "comer" está diferente. Restaurantes, cafeterias, confeitarias, bares... Todos trabalhando  com delivery, explorando releituras do próprio cardápio ou, até mesmo, novos horizontes para sua própria comida.

Quem diria um bar oferecer a famosa "comida de boteco" em casa? Bistrôs buscando a integridade de seus pratos até a mesa de seu público? Confeitaria com ideias sensacionais, fazendo festa de aniversário em casa com os parabéns em cupcakes com velas, atrelados a aplicativo de festa! Demais, não acham? 

Outro ramo extremamente influenciado por essas mudanças são as gráficas, que antes tinham seu nicho e   um mercado e, agora, estão focando em embalagens mais seguras, térmicas, personalizadas e tecnológicas. Temos exemplos aqui mesmo em Cascavel e região.

Uma pesquisa feita pela Opinion Box (opinionbox.com) em relação aos hábitos de consumo, especificamente  em supermercados, revelou que 44% dos consumidores diminuíram a frequência com que vão ao supermercado, 34% diminuíram o tempo dentro do estabelecimento e 26% estão comprando mais itens a cada compra. Porém, em minhas "andanças" aos supermercados aqui notei um aumento no movimento.

Podemos dizer que quase tudo o que se disse até agora é óbvio, certo? Aí vou falar de uma experiência pessoal e que tem me impactado muito. Estou à frente do Pastiera, mas  não sou chef. Com todas estas mudanças de rotina, tenho cozinhado para minha esposa e feito ela de "cobaia", desde comidinhas simples como uma  carne de panela até algo mais elaborado, que começo 24 horas antes, como um risoto Cacio & Peppe. Tem sido momentos de união, tempo de qualidade e afeto. Ah, e risadas das minhas trapalhadas, né Fer? 

O que quero dizer? A gastronomia mudou e vai continuar mudando, tanto nas relações humanas afetivas quanto no que e como fornecemos nossos produtos e serviços. Vamos aprender com tudo isso?
 
/arquivos/images/DSCF0225.png

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!