Colunas

Vamos desgourmetizar?

Publicado em: 18/11/2020



Comidas e bebidas feitas com amor, afeto, com sonhos, histórias de vida e, principalmente, paixão sempre serão “gourmets”

Confesso que não consegui identificar ao certo o início da onda "gourmet". Mas em referências, podemos dizer, aconteceu nos últimos dez anos. A palavra tem origem francesa, significa apreciador de bons vinhos e iguarias. O aumento de renda per capita e maior circulação de informação fez com que a gastronomia se tornasse objeto de estima, lazer e, principalmente, cultura.

Confesso que tenho que agradecer à cultura "gourmet" pois, inicialmente, caracteriza preparos com ingredientes diferenciados, maior qualidade, apresentação que impressiona e, é claro, ambiente e atendimento. Resumindo: inovação e experiência.

Maior circulação de informação é também sinônimo de maior marketing em que a disseminação do “gourmet” incentiva a inovação e o conhecimento. Por outro lado, infelizmente, muitos utilizam do nome apenas para fins de divulgação, sem uso legítimo na prática.

Faço um parênteses aqui de um livro que li e recomendo: "Roube como um artista". De tudo que estudamos, tudo que lemos, pessoas que admiramos, alinhada à nossa experiência e cultura, nasce a versão de um produto ou serviço.

“Desgourmetizar” a culinária, obviamente, era uma tendência que foi acelerada pelo atual momento. Porém, essa palavra não sumirá, ela apenas está voltando para sua origem.

Comidas e bebidas feitas com amor, afeto, com sonhos, histórias de vida e, principalmente, paixão sempre serão “gourmets”.  A paixão pela vida e pelas pessoas é a essência do “gourmet”. Um bolo de cenoura ou um arroz com feijão podem ser sinônimos desta palavra, quando ela vem com os significados acima.

A consequência é esse sentimento, às vezes inexplicável, de se sentir em casa em um restaurante específico, ou até mesmo pedindo delivery, e os sabores relembrando bons momentos.

Na prática, tive/tenho essa sensação no Restaurante Casa do João, Petit Cuisine, Lumberjack, Casa de Chá Dona Maria, dentre outros. Mas falar de cada um será uma próxima oportunidade. Vamos desgourmetizar?
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!