A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história

Harmonização

Cesar Junior Weyn
Sommelier internacional, juiz internacional I.W.T.O (International Wine Tasters Organization), pesquisador e viajante.
Parte 1

Garrafas: conheça os diferentes tamanho e outras curiosidades

Publicado em: 20/06/2022

O vinho pode ser engarrafado em vários tamanhos de garrafas, mas a mais comum usada é a de 750 ml. Existem várias teorias em relação a esse volume, mas o mais aceito pela comunidade é que na barrica cabem normalmente de 225 litros e isso corresponde a 300 garrafas de 750 ml.

Outra curiosidade é que os especialistas em vinho preferem garrafas em tamanhos maiores, pois sua oxigenação é menor e o vinho envelhece e mantêm suas características por mais tempo. Agora vamos aos tamanhos de garrafas:

• Meia garrafa: muito comum em restaurantes pela sua capacidade de 375 ml ser suficiente para uma pessoa;

• Garrafa normal/standard: é a nossa garrafa padrão de 750 ml;

• Magnum: tem tamanho de 1,5 litro, ou seja, duas garrafas normais;

• Doble Magnum ou Jeroboam: garrafa com capacidade para 3 litros ou quatro garrafas normais. Jeroboam é o primeiro rei de Israel e significa em tradução livre “aumenta as coisas”.

• Rehoboam: tamanho de 4,5 litros. Este nome é do filho do rei Salomão, que significa em tradução livre “aquele que faz aumentar o povo”. Garrafa usada muito na Bourgogne e Champagne.

• Matusalém ou imperial: 6 litros.

• Salmanazar: 9 litros. 

• Baltazar: 12 litros, nome de rei e magos bíblicos, e geralmente muito usado em datas comemorativas.

• Nabucodonosor: 15 litros ou 20 garrafas.

• Melchior ou Salomão: 18 litros. Neste caso, é preciso uma máquina ou duas pessoas para servir o vinho, e, muitas pessoas para beber.
 


Quanto mais velho é melhor?
Não. Precisamos entender que somente alguns vinhos envelhecem bem, ou ainda, com o tempo, ficam ainda melhores. Um vinho de guarda precisa ter no mínimo dez anos, antes disso, é um vinho normal maduro ou um vinho para ser bebido jovem.

Para um vinho envelhecer bem ele precisar atender às seguintes condições: taninos, acidez, açúcar e álcool. A combinação destes “elementos” durante a safra, clima, produção do próprio vinho, faz com que o enólogo tenha em mãos, através de testes químicos, tais informações e pode “estimar” uma data a qual o vinho poderá evoluir. 

Quando o vinho não tem a informação de tempo de guarda no rótulo ou na ficha técnica da vinícola, minha sugestão é tomar antes de dez anos. Um vinho jovem será degustado em até quatro anos, um vinho maduro em até dez anos, acima disso, somente com orientação do enólogo.

Quando decantar um vinho?
Decantar significa separar os sedimentos do fundo da garrafa do vinho. Isso é usado sempre em vinhos envelhecidos acima de dez anos ou vinhos não filtrados. Basicamente, a origem do decanter foi para isso.

Porém, com o tempo percebeu-se que o vinho em contato com o oxigênio faz com que as bactérias/seres vivos comecem a trabalhar (mesmo processo do vinagre, inicialmente é vinho/suco, com o tempo em contato com oxigênio transforma-se ema vinagre), e isso faz com que seus aromas primários, secundários e terciários se destaquem muito mais, trazendo um aroma/bouquet mais equilibrado e muito mais maciez em boca.

Para quem não é profissional é muito difícil saber quando decantar. Normalmente na ficha técnica o enólogo informa. Em regras gerais, vinhos brancos e rosé não se decantam, somente os vinhos tintos.

Esses vinhos tintos com até cinco anos não precisam decantar. Entre cinco e dez anos é interessante deixá-lo no decanter por 30 a 40 minutos. Já os vinhos acima de dez anos vão de 1 hora até 4 horas (máximo que eu vi) em decanter.

Para um profissional, é normal colocar um pouco de vinho na taça e perceber que o vinho está pronto para beber ou está “fechado”, precisando de um tempo para “respirar” e evoluir, isso devido seu conhecimento técnico. Não é o caso nosso no dia a dia...

*Na próxima edição, continuamos no tema, abordando os diferentes tipos de taças.

Até mais!
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751