Colunas

Não só reclame, agradeça também!

Publicado em: 17/04/2020

Não precisamos chegar aos 91 anos de vida para agradecer, pois é preciso sempre lembrar que a vida de algumas pessoas é muito diferente por três grandes motivos: elas se gostam, se sentem valorizadas e agradecem

Em meio a tantas notícias desanimadoras e tristes relacionadas a pandemia do COVID-19, um fato marcou positivamente os noticiários brasileiros e serviu de encorajamento para muitas pessoas. A senhora Vitalina Ferreira dos Santos, 91 anos, depois de ficar 10 dias internada em um hospital na cidade de Cornélio Procópio no Estado do Paraná, conseguiu superar o coronavírus, ganhando alta do hospital e retornando para sua casa.

Porém, na saída do hospital aquela senhora começou a chorar muito. A equipe médica e os familiares correram rapidamente para ajudar, e ouviram a senhora Vitalina falar: “Eu nunca imaginei respirar por um aparelho e agora eu estou respirando o ar que Deus me deu. Eu nunca tinha agradecido a Deus por respirar sem aparelho. Eu tenho uma grande dívida de 91 anos com Deus”.

Qual a grande lição que aprendemos com essa senhora de 91 anos de vida? Agradecer ao invés de somente reclamar. Por isso é importante acreditar que você é uma pessoa muito valiosa e também uma pessoa superimportante. Neste sentido, procure hoje despertar e aumentar o seu amor próprio. Pode ser algo simples, como olhar para o espelho e dizer o quanto você merece ser feliz. Um outro compromisso é o de aumentar a sua autoestima, olhando para um espelho e elogiando você por algo positivo que fez recentemente.  

E agora, lembrando daquela senhora de 91 anos que foi curada do coronavírus e na saída do hospital, agradeceu pelo ar que estava respirando, eu quero perguntar para você: Será que precisamos chegar aos 91 anos de vida para aprender a agradecer?

Negativo. Não precisamos chegar aos 91 anos de vida para agradecer, pois é preciso sempre lembrar que a vida de algumas pessoas é muito diferente por três grandes motivos: Primeiro, porque elas se gostam. Segundo, porque elas procuram sempre se sentir valorizadas. Terceiro, porque mesmo diante dos problemas elas agradecem. Vamos tentar este exercício hoje: agradecer ao invés de somente reclamar?
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!