Colunas

O vinho é bom? Eu vou gostar?

Publicado em: 13/05/2021


Somente bebendo e saboreando vinhos desconhecidos de modo concentrado e com a mente aberta você transformará o seu conhecimento de vinhos num domínio mais amplo

Por favor, qual o melhor vinho? Este vinho é bom? Vou gostar? Perguntas bem comuns que escuto diariamente como amante e proprietário de loja de vinhos. Gostar de um vinho nada tem a ver com o fato de ele ser bom, gostar de um vinho tem a ver com gostar daquele vinho!

Podemos até pegar uma outra referência para análise; por exemplo, você pode não gostar de ler Carlos Drummond de Andrade, e, no entanto, concordar que ele foi um grande escritor. 

Os vinhos considerados “bons” pelos especialistas passam por processos de elaboração mais minuciosos, o que por sinal também eleva o seu valor, como: as vinhas mais velhas, modo de poda na videira, a colheita reduzida de kg de fruta por videira, o cuidado na hora certa da colheita, o método de vinificação mais específico, entre outros.

Após a vinificação é realizado o primeiro amadurecimento em barricas de carvalho de primeiro uso (francesa ou americana) por um tempo maior, e mais um período de maturação em garrafas em locais apropriados. 

Os vinhos considerados os “que eu gosto” são aqueles que você experimenta e considera bons vinhos. Ao chegar no ponto de ter um conhecimento suficiente para emitir uma opinião tanto quanto ao “vinho bom” quanto ao que “eu gosto” estaremos em um dos estágios mais recompensadores no desenvolvimento da habilidade em conhecer vinhos, permitindo que se separe a preferência da qualidade.

Mas é totalmente possível amar um vinho mesmo sabendo que não se trata de um grande vinho no contexto, ou vice-versa, um vinho considerado bom, mas que não é do seu gosto.

Umas das alternativas para opinar válida e objetivamente é degustar um vinho em particular e compreender como ele se apresenta. Somente bebendo e saboreando vinhos desconhecidos de modo concentrado e com a mente aberta você transformará o seu conhecimento de vinhos num domínio mais amplo. Permita-se experimentar vinhos de diferentes castas, de diferentes países e de diversos terroir.

E para o brinde do mês, indico o vinho da vinícola Valmarino Cabernet Franc Ano XXIV - safra 2019, maturação por 16 meses em carvalho americano de 1º uso de média tostagem (Vnh Vinhos). 
Saúde!
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!