Colunas

Pensata

Experimente Cascavel

Publicado em: 19/03/2019

“Se queres ser universal começa por pintar a tua aldeia”
Tolstoi


Quando cheguei em São Luís, no Maranhão, há quase duas décadas, padecia de um mal comum entre nós sulistas: presunção. Afinal, sabemos tudo e somos os melhores em tudo. Mentira. Ignorância. Desconhecimento. E lá fui desbravar aquela cidade. Esnobe, nos primeiros seis meses, não via nada de bom. Tudo era ruim. O clima era ruim. A comida ruim. O transporte ruim. Resumindo, tudo um lixo. 

Certo dia, cansado de tanta lamúria, um colega jornalista me encarou e disse: “Rejane, você está vivendo aqui, certo? Então, faça como eu, comece a enxergar o lado positivo. Se fizer isso, sua vida vai melhorar”. Márcio era o nome dele. Também era um forasteiro vindo de São Paulo, porém, uma pessoa muito mais elevada. E não é que o milagre aconteceu. Redimensionei meu pensamento e meu olhar ao ponto de me apaixonar pela cidade. E, realmente, São Luís é linda e contagiante. 

Bem, só contei esta história porque hoje vejo que Cascavel está padecendo deste olhar. Um olhar mais terno. Mais doce. Eu sei, é difícil ceder e elogiar. Ah, como é difícil enaltecer a nossa aldeia! Só olhamos para o caos. Para a tragédia. Para a picuinha. Para a chacota. Me desculpem, mas isso é  pobreza mental! 

Vamos lá minha gente, vamos reconhecer: Cascavel está linda! Experimente Cascavel do jeito que ela merece. Caminhe, pedale, corra pelas ruas da cidade, vá ao lago, curta a paisagem, o poente, o crepúsculo, a arquitetura. Pelo uma vez na semana, respire Cascavel do jeito que ela merece! E replique isso de maneira positiva! Carpe diem...

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!