Colunas

Quanto custa um sorriso?

Publicado em: 17/07/2019

“Conhecemos um homem pelo seu riso; se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente”
 Dostoiévski
 


Não gosto de tangerina. Nem de poncã. Mas dia sim, dia não, apareço com um saco da fruta lá em casa. Quem faz este milagre é a Val. Podem chamá-la de “Carioca”. Ela fica ali na Vicente Machado com a Avenida Brasil. Frio. Neblina. Chuva. Não tem erro. A “Carioca” está lá. Sempre sorrindo. E não é qualquer sorriso.

Ela sorri para quem compra e para quem não compra. Ela sorri para quem abaixa o vidro ou para quem finge que não vê. Ela sorri para os gentis e para os irritados. Para os pobres e para os ricos. Para os ateus e para os crentes. Simples. Ela sorri. E, sorrindo, vende. E, vendendo, tem sua dignidade estampada no rosto. 

Val é mestre em vender. Nunca estudou técnica alguma. Não sabe o que é neuromarketing. Não sabe o que é branding.  Não sabe o que é um CRM. Mas sabe sobre a vida. E a vida lhe ensinou algo que às vezes nos custa aprender: coragem! 

“Nunca deixe os outros perceberem que você está triste”, ensinou-lhe o pai adotivo. “Ninguém aqui precisa saber se estou com fome, com frio ou triste. Deixo pra chorar no travesseiro. Aqui, meu negócio é vender”, assevera. 

Tanto foco assim tem explicação. Mãe de um adolescente de 17 anos, ela deixou o Rio de Janeiro há menos de três meses para “criar” o filho num lugar mais “esperançoso”. Chegou, alugou uma quitinete por R$ 420, jogou um colchão no chão e foi atrás de emprego. 

Agarrou-se à primeira oportunidade e faz todos os seus dias valerem a pena! Esta é a Val, a carioca que vende frutas, mas entrega sorrisos e um repensar sobre a condição humana, sobre a condição da mulher, sobre justiça social e tantas outras coisas não tão doces quanto a própria tangerina que vende! 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

4 COMENTÁRIO(S)

Toda Vez que passo ali e encontro a Val alem do sorriso eu lhe dou um abraço e peço que Deus os Abençoe Sempre Ela é Demais
comentado por Maria E M Cavaccini em 19/07/2019
Essa é a minha mãe! Me orgulha tanto em saber a mulher que ela é. Se sinto saudades sim! Mas sei que Deus tem planos pra ela e meu irmão, obrigada Rejane pela oportunidade de fazer esse sorriso contagiar ainda mais pessoas, obrigada por mostrar o que temos de melhor que é a nossa felicidade. Nas guerras diárias da vida, que nos tornamos fortes vencedores. Eu amo essa mãe e tenho orgulho dela e por onde eu passo não deixo isso escondido. Nos criou com muito amor e dignidade! Amo essa mulher e digo que ela é a mulher da minha vida!
comentado por Kaciany Maria em 18/07/2019
Boa noite! Eu conheço e trabalhei com a Val. Uma pessoa sempre com um sorriso no rosto,gostei muito de trabalhar com ela, um grande beijo Val. 🌼🌸😘😘❤️
comentado por Angélica Rieger de Lima em 17/07/2019
Eu conheço essa pessoa e uma mulher de muita garra e fibra estou muito orgulhoso e com saudade dela. Estou torcendo
comentado por Wallace André em 17/07/2019
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!