Colunas

Quanto custa um sorriso?

Publicado em: 17/07/2019

“Conhecemos um homem pelo seu riso; se na primeira vez que o encontramos ele ri de maneira agradável, o íntimo é excelente”
 Dostoiévski
 


Não gosto de tangerina. Nem de poncã. Mas dia sim, dia não, apareço com um saco da fruta lá em casa. Quem faz este milagre é a Val. Podem chamá-la de “Carioca”. Ela fica ali na Vicente Machado com a Avenida Brasil. Frio. Neblina. Chuva. Não tem erro. A “Carioca” está lá. Sempre sorrindo. E não é qualquer sorriso.

Ela sorri para quem compra e para quem não compra. Ela sorri para quem abaixa o vidro ou para quem finge que não vê. Ela sorri para os gentis e para os irritados. Para os pobres e para os ricos. Para os ateus e para os crentes. Simples. Ela sorri. E, sorrindo, vende. E, vendendo, tem sua dignidade estampada no rosto. 

Val é mestre em vender. Nunca estudou técnica alguma. Não sabe o que é neuromarketing. Não sabe o que é branding.  Não sabe o que é um CRM. Mas sabe sobre a vida. E a vida lhe ensinou algo que às vezes nos custa aprender: coragem! 

“Nunca deixe os outros perceberem que você está triste”, ensinou-lhe o pai adotivo. “Ninguém aqui precisa saber se estou com fome, com frio ou triste. Deixo pra chorar no travesseiro. Aqui, meu negócio é vender”, assevera. 

Tanto foco assim tem explicação. Mãe de um adolescente de 17 anos, ela deixou o Rio de Janeiro há menos de três meses para “criar” o filho num lugar mais “esperançoso”. Chegou, alugou uma quitinete por R$ 420, jogou um colchão no chão e foi atrás de emprego. 

Agarrou-se à primeira oportunidade e faz todos os seus dias valerem a pena! Esta é a Val, a carioca que vende frutas, mas entrega sorrisos e um repensar sobre a condição humana, sobre a condição da mulher, sobre justiça social e tantas outras coisas não tão doces quanto a própria tangerina que vende! 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

6 COMENTÁRIO(S)

É a Val sempre sendo aval mesmo com esse sorriso do rosto sempre feliz para vida.. sempre carinhosa com todos uma amiga de longa data saudade dela
comentado por Diego rocha em 16/09/2020
A Val é uma benção de Deus nas nossas vidas Tô com saudades Val minha querida por Onde Andas abraço felicidades
comentado por Maria ERONILDE MARQUES cavaccini em 02/11/2019
Toda Vez que passo ali e encontro a Val alem do sorriso eu lhe dou um abraço e peço que Deus os Abençoe Sempre Ela é Demais
comentado por Maria E M Cavaccini em 19/07/2019
Essa é a minha mãe! Me orgulha tanto em saber a mulher que ela é. Se sinto saudades sim! Mas sei que Deus tem planos pra ela e meu irmão, obrigada Rejane pela oportunidade de fazer esse sorriso contagiar ainda mais pessoas, obrigada por mostrar o que temos de melhor que é a nossa felicidade. Nas guerras diárias da vida, que nos tornamos fortes vencedores. Eu amo essa mãe e tenho orgulho dela e por onde eu passo não deixo isso escondido. Nos criou com muito amor e dignidade! Amo essa mulher e digo que ela é a mulher da minha vida!
comentado por Kaciany Maria em 18/07/2019
Boa noite! Eu conheço e trabalhei com a Val. Uma pessoa sempre com um sorriso no rosto,gostei muito de trabalhar com ela, um grande beijo Val. 🌼🌸😘😘❤️
comentado por Angélica Rieger de Lima em 17/07/2019
Eu conheço essa pessoa e uma mulher de muita garra e fibra estou muito orgulhoso e com saudade dela. Estou torcendo
comentado por Wallace André em 17/07/2019
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!