Colunas

Errei. E errei feio!

Publicado em: 16/10/2020

“De nada adianta a liberdade se não temos liberdade de errar”
                                       Mahatma Gandhi                                               


Desde cedo aprendi que é preciso reconhecer nossos erros. Quando fazemos isso, temos a chance do aprendizado e da reflexão. Só não erra quem não faz. Na edição passada da Revista Aldeia, errei no texto introdutório da entrevista com o presidente do Instituto Capitalismo Consciente, Dario Neto. Para quem deseja entender melhor sobre o assunto, a matéria correta está em nosso site (https://revistaaldeia.com.br/materia/1618/capitalismo-consciente-e-possivel).

Mas, voltando ao erro. Quem trabalha com impresso entende esta luta. Como diz Monteiro Lobato, “a luta contra o erro tipográfico tem algo de homérico. Durante a revisão os erros se escondem, fazem-se positivamente invisíveis. Mas, assim que o livro sai, tornam-se visibilíssimos, verdadeiros “sacis” a nos botar a língua em todas as páginas. Trata-se de um mistério que a ciência ainda não conseguiu decifrar”. 

Poderíamos culpar o “saci” do erro, mas isso seria política para encobrir nosso descuido. Peço perdão aos nossos leitores e leitoras pela falha e prometo mais atenção. Mais ainda. Entendo a revista como um instrumento de conhecimento para a coletividade e de melhoria para o ser humano, e não me incomodo nem um pouco de me apontarem “erros”.  Por gentileza, vendo algum “saci” por aí, me avisem! Grande abraço e boa leitura! 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!