A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história

Pensata

Rejane Martins Pires
É jornalista e editora da Revista Aldeia.

Cultura do atraso

Publicado em: 12/07/2021
“Nunca poderia ter feito tudo o que fiz sem os hábitos de pontualidade, ordem e diligência”
Charles Dickens

Era tradição lá em casa. No aniversário de 15 anos cada filho ganhava um relógio. Quatro filhos. Quatro Technos. Ter um relógio no braço, na visão de meu pai, representava distinção. Respeitabilidade. Mesmo contrariada, pois eu não queria saber de relógio nenhum, ganhei meu Technos de pulseira de couro. Pelo menos isso! Achava brega as pulseiras prateadas ou douradas. 

Quando jovem não dava importância às preocupações do velho Sebaldo, mas era ele sábio. Ao nos presentear com um relógio, nos ensinou muito mais do que apenas “ver” as horas. Nos ensinou sobre os ciclos da vida e a sua brevidade. E também sobre o respeito ao tempo. O próprio tempo e o dos outros. 

Desde criança fomos educados a valorizar a pontualidade. E é fato. O que se aprende em casa se estende por toda a vida. Não gosto de atraso. Não tolero atraso. Seja em evento, inauguração, show ou até mesmo consulta médica. Considero atraso falta de educação. Não há explicação lógica para não ser pontual. Só se organizar!

E, se pontualidade é uma questão cultural, basta começar a mudar os hábitos em casa, no trabalho, nas reuniões, eventos, em qualquer situação. Políticos e lideranças deveriam promover a pontualidade. Se determinado evento está marcado para às 19 horas, que comece às 19 horas com quem chegou às 19 horas! 

As igrejas fazem isso muito bem. Seguem à risca os horários, não importando se tem uma ou cem almas vivas para a missa ou culto. É assim que tem de ser. Respeitar horário é respeitar as pessoas que ali estão e, mais que isso, honrar um patrimônio escasso, o tempo! Atrasar, minha gente, não é chique. Ao contrário, é brega, muito brega! 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

1 COMENTÁRIO(S)

👏👏👏 Rejane. Bjos.
comentado por Rosí Czepula Meassi em 13/07/2021
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751