Colunas

Desconcerto da certeza

Publicado em: 24/04/2020

O que me espanta em todos os rostos: a certeza, a confiança e o dedo em riste de quem parece nunca ter tido dúvida alguma na vida

O que mais me impressionou quando vi pela primeira vez A dúvida de Tomé (1602), de Caravaggio, foi a profundidade com que o santo crava o dedo na chaga de Cristo: toda a falange média do indicativo. Observando o famoso quadro, notará que Jesus está segurando a mão de Tomé, não para impedi-lo, mas para puxá-lo mais fundo. Já o discípulo guarda uma sincera expressão de surpresa: olhos arregalados e testa enrugada. O episódio da incredulidade de Tomé foi representado muitas vezes antes, durante e após Caravaggio. A fonte é o Evangelho de João. Na bíblia grega, Jesus aparece primeiro para Maria Madalena, que, ao reconhecê-lo, diz “mestre” em hebraico: “rabbouní!”. 

Maria crê em Jesus, por isso não precisa tocá-lo e nem ele a permite; lhe diz “não me toques.” (João, 20, 17). A atitude contrasta claramente em relação a Tomé, o “Gêmeo”, que Jesus incita: “aproxima o teu dedo daqui” (João, 20, 27). Na estátua de Verrocchio (1483), o santo não chega a tocar Jesus. Na pintura de Guercino (1621), toca levemente a ferida superficial. Na versão de Rembrandt (1634), o discípulo se espanta e se afasta ao ver a ferida aberta. São interpretações da famosa passagem bíblica. Talvez Caravaggio tenha meditado profundamente as palavras seguintes de Jesus: “aproxima a tua mão e põe-na no meu flanco e não te tornes descrente mas sim crente”. 

Sabemos como sua pintura chocou; os críticos o acusaram de “naturalista”. Os discípulos representados como homens comuns, o dedo enterrado no corpo de Cristo e a expressão de admiração, surpresa e espanto do incrédulo Tomé. Como são raras, hoje, expressões de dúvida e a surpresa da descoberta. O que me espanta em todos os rostos: a certeza, a confiança e o dedo em riste de quem parece nunca ter tido dúvida alguma na vida.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!