Colunas

Unha-de-gato


De fácil cultivo, ela se reproduz rapidamente, por sementes e estacas, pode até tornar-se uma invasora, fato que aconteceu em vários países como a Austrália, África do Sul e mesmo nos Estados Unidos


Desde criança sempre vivo em meio às plantas e dessa vivência tenho aprendido sempre coisas novas e boas. É impressionante como as plantas que nos cercam, além de sua beleza ornamental, possuem muitas outras propriedades. Outra coisa que chama a minha atenção é que muitos nomes se repetem para plantas diferentes, isso acontece bastante.

Um exemplo é a unha-de-gato (Dolichandra unguis-cati), uma trepadeira também conhecida como cipó-de-gato, cipó-de-morcego ou cipó-ouro. No caso, existem muitas outras plantas, medicinais inclusive, também originárias da Amazônia, que recebem idêntico nome, apesar de serem completamente distintas em tudo.

A planta que me refiro é de fácil cultivo, ela se reproduz rapidamente, por sementes e estacas, pode até tornar-se uma invasora, fato que aconteceu em vários países como a Austrália, África do Sul e mesmo nos Estados Unidos. Como não requer muitos cuidados, se desenvolve em qualquer clima oferecendo belas e intensas floradas de um amarelo muito vivo e contagiante. Muitas vezes surgem pelas ruas e parques de nossa cidade, não foram plantadas, nasceram sozinhas. 

O maior cuidado a se ter com a unha-de-gato é uma poda constante, não deixar que ela avance demais, pois ela literalmente se agarra às cercas e troncos, tomando conta de tudo.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.