Matérias

Edição 126
Uma Pergunta

Qual é o futuro da mídia?

com Caio Gottlieb

Publicado em 28/03/2019

Já estamos no futuro. Mas há um outro futuro vindo aí e a gente não tem a menor ideia do que vai acontecer. As novas tecnologias impactaram fortemente todos os setores da sociedade e com a mídia não foi diferente. O impacto mais dramático foi no jornalismo impresso. O conteúdo jornalístico é relevante e necessário, mas perdeu espaço para as pessoas que fazem sua própria mídia, expressam suas opiniões e hoje têm vários canais para isso. Antigamente,  mandava-se uma carta para o jornal e corria-se o risco de não ser publicada. Hoje, qualquer pessoa fala o que quiser pelas redes sociais. Isso trouxe um empoderamento que nos faz repensar todos os dias o conteúdo da informação, seja jornalística ou publicitária. O grande problema é que a gente não tem como lidar com tudo isso. Esta pulverização da mídia ficou terrível. Sem falar nas fake news, que, infelizmente, vieram para ficar. Como atender o consumidor contemporâneo? Onde ele está? O que vai impactar? Antes, cada nova tecnologia vinha com a força de um terremoto, mas havia um tempo para a terra se acomodar. Hoje, é um terremoto atrás de outro. Vivemos um apocalipse todos os dias e, enquanto não tivermos respostas, acredito ainda que as campanhas publicitárias mais bem sucedidas são aquelas que envolvem todos os meios, jornal, revista, face, insta, rádio, outdoor e TV aberta (que também perdeu relevância). Mas uma coisa é certa: cada vez mais os critérios qualidade, criatividade e rentabilidade serão analisados.

Caio Gottlieb é jornalista, publicitário, fundador e sócio-proprietário da Caio Publicidade, agência de propaganda com mais de três décadas de atuação em Cascavel e no Oeste do Paraná

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.