Matérias

Edição 127
BASTIAN E LORA

Obras com identidade

Criada para fazer “diferente”, a Construtora Bastian e Lora fez muito mais do que isso. Em menos de dez anos, já imprimiu seu nome na história da cidade e planeja um futuro com uma regra muito clara: ser fiel a seus valores

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Bruna Scheidt

Publicado em 18/04/2019

Ricardo Lora, um dos sócios fundadores da Bastian e Lora: valores enraizados e capacidade de escuta.
Foto: Bruna Scheidt

Ter uma obra com a assinatura da Bastian e Lora, hoje, é a parte visível de um sonho que nasceu há quase uma década a partir da visão empreendedora de dois jovens: Willian Bastian, estudante de Administração e Ricardo Lora, de Engenharia Civil. Amigos de infância, seguiram áreas diferentes, mas acabaram se encontrando no estágio em uma outra construtora. 

Lá, durante as obras de um condomínio popular, começaram as primeiras linhas de um projeto inovador. Ambos sabiam exatamente o que “não” queriam. Não se tratava de abrir uma construtora simplesmente. Tinha de ser diferente. Mas, afinal, o que significava ser diferente? Para responder a essa pergunta, só há uma maneira: estudar.

Já formados, se matricularam no MBA de Gestão Empresarial da Fundação Getúlio Vargas e descobriram que, assim como uma obra precisa de planejamento, uma empresa também. Antes de qualquer coisa, montaram um plano de negócios e um planejamento estratégico. Com os pés no chão, compraram um terreno, alugaram um teodolito e foram a campo fazer as medições para o primeiro edifício, o Orion. 

É claro, nem precisa falar que esta reinvenção exigiu horas e horas de esforço e muita criatividade. Quem os conhece deve se lembrar das simulações que faziam.

Sem recursos para fazer um apartamento decorado, desenhavam o projeto no chão com fita crepe e simulavam toda a movimentação nos ambientes, fosse cozinhando ou tomando banho. Cada centímetro era milimetricamente pensado. “Com isso, analisávamos os pontos críticos da arquitetura, ou seja, tudo o que podia dar errado”, explica Ricardo Lora. Além de feeling, investimento em pesquisa de mercado. Inicialmente, eles próprios faziam isso. Conheciam todos os empreendimentos da cidade e nada escapava à velha tabela, desde metragem a número de vendas. 

Foi assim, sem alarde, que a Bastian e Lora criou sua identidade. Da pequena sala comercial e dos imóveis para incorporação, foram trazendo novos profissionais, agregando diferentes competências e investindo projetos comerciais e industriais. Vieram para a sociedade o irmão de Ricardo e também engenheiro civil, Leonardo, e a irmã de William, a advogada e corretora Kiscia Bastian. 

Aqui, num português muito simples, está o DNA da empresa: eles nunca pararam de estudar e acumulam em seus currículos vários MBAs, pós-graduações e cursos de aperfeiçoamento. Este modelo de gestão adotado com foco nas pessoas, modernização da operação e aperfeiçoamento do controle de qualidade permitiu um crescimento sustentável mesmo diante de crises econômicas e oscilações do mercado imobiliário. 


PLANEJAR SEMPRE

E foi graças a esse pensamento exponencial e à inovação disruptiva que a construtora conquistou o mercado, ampliou seu leque de atuação e se transformou numa espécie de boutique da engenharia civil. Esta progressão natural, vale dizer, sempre esteve alinhada à preocupação de manter a qualidade e a identidade. 

Para isso tudo, gestão. Para cada processo, especialistas na área. Isso compreende os melhores arquitetos, os melhores projetistas elétricos, os melhores projetistas hidráulicos e assim por diante. “Nossa responsabilidade é executar o projeto com 100% de fidelidade. Para cumprirmos o que foi proposto, temos que ter os melhores profissionais do mercado”, ressalta Lora.

Com esta estratégia, veio a fidelização de parceiros de credibilidade e, principalmente, clientes. “Temos clientes que já estão em sua terceira obra”, afirma o engenheiro.  “Não se trata de entregar apenas tijolo sobre tijolo, mas imóveis com alma, projetos de vida”, continua.


Equipe: diferentes habilidades com foco num projeto comum
Foto: Eron Zeni

LONGE DA POEIRA

Todo mundo sabe que cuidar de uma obra é um trabalho desgastante, porém, quando se tem gestão, a história é outra. Esqueça as lembranças comuns de quem já enfrentou uma construção ou reforma, como atrasos, falhas de planejamento e retrabalho, e acompanhe tudo sem estresse, longe da poeira. É isso mesmo que a Bastian e Lora faz: obras por administração.

Resumidamente, funciona assim: a construtora apresenta o cronograma e o orçamento, se responsabiliza pela compra de materiais e mão de obra, e, através de relatórios financeiros, prova tudo o que fez, porque fez, onde comprou, porque comprou, bem como qual foi o desembolso mensal e as previsões futuras. “A transparência é total”, diz Lora, reforçando a cultura e a filosofia da empresa, cuja missão, visão e valores continuam os mesmos. “Às vezes parece óbvio falar de honestidade, integridade e foco no cliente, mas assim como a credibilidade de uma marca é construída aos poucos, ela também pode ruir por completo se um destes pilares desabar”.
​​​​​
 
Willian Bastian
Foto: Divulgação


CAPACIDADE DE OUVIR

Ouvir, ouvir e (mais uma vez) ouvir. Escutar a equipe, os clientes e os fornecedores é outro segredo. “Incentivamos os funcionários a serem proativos e contribuírem com ideias e sugestões. Esta liberdade para falar é fundamental e reflete não apenas lá no final da obra, mas no bom ambiente de trabalho”. 

A valorização profissional vem na esteira de tudo isso. A humanização do canteiro de obras é um exemplo. De vez em quando, a equipe é surpreendida com alguns “mimos”. Outro costume, até mesmo para ter controle dos processos, é escrever os nomes dos pedreiros no reboco da parede. Simbolicamente, isso também é um reconhecimento ao trabalho de toda a equipe.  Eis aí o grande legado da Bastian e Lora, o de pertencimento. “No futuro, queremos que os filhos e netos destas pessoas sigam trabalhando com a gente. Da mesma forma, queremos que nossos filhos e netos sintam orgulho de nossa história”.
 
Leonardo Lora
Foto: Bruna Scheidt
Kiscia Bastian
Foto: Bruna Scheidt
COMUNICAÇÃO AFETIVA

“A cidade cresceu, meninos viram homens. A cidade cresceu e ela não vai parar. Estamos todos crescendo”. Este trecho do primeiro curta-metragem produzido em 2015 é a síntese de como a Bastian e Lora enxerga a sua terra, o seu chão. De uma maneira comovente e artística - aliás uma marca de toda a sua comunicação -, vem criando vínculos com gerações passadas e futuras, cumprindo o seu papel social e deixando a sua marca impressa na história da cidade.  A cidade que pulsa, a cidade que se apoia no passado, mas ousa progredir, sempre.


O CASE UNIVEL

Se o grande mérito da Bastian e Lora foi definir claramente o que ela queria ser, quais seus valores e seu público-alvo lá em 2010, outro grande aliado foi o tempo que possibilitou um amadurecimento e uma base sólida para administrar melhor suas demandas.
 
Centro Tecnológico da Univel


Sem esta expertise, não seria possível entregar uma obra como o Centro Tecnológico da Univel, com 5 mil metros quadrados, em 12 meses. Pela envergadura da edificação, a estimativa inicial era de no mínimo dois anos. “Tínhamos um prazo curtíssimo e buscamos a melhor forma de fazer, contratando profissionais altamente capacitados. É um case de sucesso, resultado de toda a nossa trajetória”.

A alegria de construir um bloco destinado às engenharias e à arquitetura, com mestres e doutores acompanhando a obra, só reforça a crença de todos que vestem a camisa Bastian e Lora: respeito ao cliente.

 


 
COM A ASSINATURA
BASTIAN E LORA


Conheça algumas das obras da Bastian e Lora nesta sua primeira década de existência. No portfólio, obras residenciais, comerciais e industriais. 
 
Sierra Móveis 
Foto: Julia Felde
 
Edifício Orion, primeira obra da construtora
Foto: Rodrigo Vieira
Edifício Bellatrix
Foto: Rodrigo Vieira
 
Edifício Level
Foto: Rodrigo Vieira
Espaço interno do Edifício Level projetado por Liana e Luiza Bertolucci
Foto: Rodrigo Vieira

QUEM ACREDITA 
 
Dimevet
Foto: Julia Felde
Edifício Mirage
"A Bastian e Lora é responsável pela concretização de dois sonhos. O Mirage foi nossa primeira experiência com a construtora. A boa experiência deu espaço para a realização da obra do Complexo DIMEVET. Além do atendimento completo e impecável, nossa belíssima estrutura faz com que trabalhar seja ainda mais prazeroso".

Patrícia Dalzochio, empresária

 
KSBIG
Foto: Rodrigo Vieira
Residência
“Minha experiência com a Bastian e Lora foi muito positiva. Primeiramente, a empresa construiu minha casa que, por sinal, ficou muito boa. Depois, construíram a empresa. Todas as obras com o máximo empenho e dedicação. São profissionais competentes, empenhados em aplicar as normas e projetos com rigor, deixando assim as obras dentro das especificações desejadas”.

Laércio Denardi, proprietário da KSBIG Hortifruti



“Trabalhar com a Bastian e Lora nos dá uma segurança muito grande, pois eles são abertos a alternativas, respeitam muito o projeto arquitetônico e primam pela qualidade. Na Univel, por exemplo, desenvolvemos o projeto juntamente com o arquiteto Lori Crizel. Foi um desafio muito grande pela complexidade, mas graças ao comprometimento de todos, a obra ficou impecável”.

Flávio Uren, arquiteto


"Se fosse necessário definir a construtora Bastian e Lora em uma palavra, seria confiança. Tendo a Fungeo como parceira há muitos anos e em todas as obras, percebo na construtora muita responsabilidade, ética e compromisso com seus clientes. Diferenciais estes que a tornaram uma das construtoras mais respeitadas e prestigiadas da Região Oeste do Paraná". 

Vinícius Lorenzi, sócio-proprietário 
da Fungeo Fundações


"A experiência de trabalhar em conjunto com uma empresa com a visão de mercado que a Bastian e Lora imprime a sua atuação no mercado é extremamente valorosa e significativa quando se prima por qualidade, estética e comprometimento com o resultado final. Ser parceiro desse time vanguardista há tantos anos, e tendo assinado vários projetos de seu legado, acrescenta uma valorosa perspectiva na atuação profissional, tanto que esta estende-se a visão de empreendedor, onde, devido ao benéfico convívio com as práticas de mercado da construtora, tornei-me também cliente. Inegavelmente uma empresa consolidada e retilínea"

Lorí Crízel, arquiteto
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.