Matérias

CORONAVÍRUS

Produção de lixo em Cascavel deve aumentar em 25%

Texto Assessoria de Imprensa

Publicado em 24/03/2020


Seja solidário no sentido de observar os horários para a disponibilização do lixo, bem como, o cuidado extra de que o lixo esteja embalado de forma segura

A prestação dos serviços de limpeza urbana é essencial para a proteção do meio ambiente e da saúde humana, e não pode ser interrompida, mesmo durante processos epidêmicos. Por conta desse caráter de essencialidade, é indispensável assegurar que tais serviços sejam diariamente executados, pois contribuem para auxiliar na prevenção da transmissão do Coronavírus, bem como de outras doenças e endemias decorrentes de acúmulo e má gestão de resíduos que, por sua vez, têm a capacidade de afetar a imunidade das pessoas, o que seria um agravante no quadro atual.

Nesse sentido, é de grande importância que as atividades de coleta, transporte e destinação de resíduos sólidos urbanos e de serviços de saúde sejam considerados serviços mínimos essenciais à garantia da saúde pública nas situações de emergência e, principalmente, durante a adoção de medidas de quarentena e isolamento, garantindo-se a prestação de tais serviços e a circulação plena dos trabalhadores e equipamentos necessários. 

Estima-se que, durante o período de emergência sanitária decorrente da pandemia do COVID-19, e por conta das medidas de quarentena, isolamento e distanciamento social adotados deverá ser observado um aumento relevante na quantidade gerada de resíduos sólidos domiciliares (15 a 25%) e um crescimento bastante considerável na geração de resíduos hospitalares em unidades de atendimento à saúde (10 a 20 vezes).

A situação extraordinária e o aumento das quantidades certamente demandarão um rearranjo das soluções logísticas e operacionais, no entanto o manuseio dos resíduos sólidos quando executado conforme as normas operacionais e de saúde e segurança aplicáveis não exigirá medidas adicionais, pois historicamente tais atividades não constituem um canal de transmissão de doenças e até o presente momento não existem evidências nesse sentido com relação ao Coronavírus.

Assim, segundo a Organização Mundial da Saúde, as orientações já existentes para a prestação segura e eficiente desses serviços no dia a dia são suficientes para a contenção da transmissão do novo vírus.

Importante destacar, porém, que se faz imperativo manter e priorizar o direcionamento dos recursos necessários ao pleno funcionamento das atividades, que serão oneradas para fazer frente à situação extraordinária, medida que se mostra indispensável para a continuidade de tais serviços essenciais e em respeito aos trabalhadores que são fundamentais para a manutenção da sadia qualidade de vida nas cidades em qualquer situação, principalmente em momentos de crise, desempenhando um trabalho de primordial importância para viabilizar a saúde e segurança ambiental para todos os cidadãos. Ressaltando que foram tomadas medidas de segurança e prevenção, bem como o uso de EPIs e a dispensa e/ou férias dos idosos.

Lembrando a importância da contribuição de todos, no sentido de observar os horários para a disponibilização do lixo, bem como, o cuidado extra de que o lixo esteja embalado de forma segura, principalmente quando se tratar de vidro quebrado.
 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!