Matérias

VOLUNTARIADO

Cemic lança venda de agnoline pelo delivery

Texto Assessoria de Imprensa

Publicado em 09/06/2020


Ao longo dos seus 42 anos de história, o Cemic já contribuiu com a formação de mais de 20 mil pessoas 

Diante da impossibilidade da realização do Festival de Caldos e Sopas que acontece todos os anos, no mês de junho, o Centro de Estudos do Menor e Integração à Comunidade (Cemic), de Cascavel, lança a venda de agnoline no sistema delivery. Além do agnoline, o Cemic também tem à disposição macarrão caseiro e bolachas de vários sabores. 

As massas são produzidas por colaboradores e voluntários, na panificadora da entidade. A fabricação, venda e entrega desses alimentos são realizadas seguindo todas as medidas recomendadas pelas autoridades de saúde, como de distanciamento social, higienização de mãos e objetos, uso de máscaras e outros cuidados para evitar o contágio pelo coronavírus. 

ENCOMENDAS
De segunda a sexta, das 8 às 17 horas, basta ligar para 45 3227-4729 ou mandar uma mensagem por whatsapp para 45 9993 7766, fazer a sua encomenda e retirar na sede do Cemic (Rua Maceió, 118, Bairro São Cristóvão). A partir de dois quilos de agnoline, o Cemic providencia a entrega sob a taxa de R$ 5,00. As entregas são realizadas de segunda a sexta, das 13 às 16 horas. O quilo de agnoline custa R$ 30,00, o macarrão é vendido a R$ 12,00 e as bolachas, a R$ 20,00. A campanha vai até 31 de julho. 

ATUAÇÃO DA ENTIDADE EM TEMPOS DE PANDEMIA 
O Cemic possui cadastradas cerca de 145 famílias que se encontram em condição de vulnerabilidade social, das quais 180 crianças são atendidas pelo serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e 30 crianças e adolescentes participando das aulas de ginástica artística. 

Tanto crianças, quanto adolescentes frequentam o espaço no contraturno escolar, desenvolvendo atividades artísticas, culturais, esportivas e de convívio social. Durante o tempo que passam na entidade, eles recebem duas refeições por dia. 

Diante da pandemia do coronavírus, na qual o distanciamento social é fundamental, as famílias cadastradas viram a sua situação se agravar ainda mais, em todos os sentidos. Como não é possível fazer o atendimento presencial, o Cemic passou a prestar assistência social e pedagógica a essas pessoas através de ligação telefônica. Mas, quando a situação exige urgência, o atendimento presencial é agendado, tomando-se todos os cuidados para a não proliferação do coronavírus. 

Outros serviços prestados a essas famílias em tempos de pandemia: distribuição periódica de cestas básicas, produtos de higiene e limpeza, orientações e cuidados para o enfrentamento do vírus, auxílio cadastral para aqueles que, mesmo com a assistência dos órgãos públicos, ainda têm grandes dificuldades, a começar pelos documentos que são necessários para a solicitação do auxílio emergencial ao governo federal. 

Paralelo a tudo isso, a entidade precisa continuar olhando para o futuro. Afinal, essa é a razão da sua existência. E foi pensando nisso que a diretoria criou a campanha das massas, já que o evento responsável por uma importante fonte de arrecadação da entidade não pode ser realizado no momento. 

Quem normalmente participa do Festival de Caldos e Sopas do Cemic pode continuar contribuindo, através de encomendas de agnoline, macarrão e bolachas. Quem nunca participou e gostaria de ajudar alguém nesse momento complicado que todos estão passando, basta encomendar os produtos. Além de você possibilitar a manutenção de um trabalho tão necessário, principalmente nos dias de hoje, você ainda recebe na sua casa verdadeiras delícias com sabor de solidariedade. 
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!