Matérias

REFLEXÃO

E quando o comércio reabrir?

Publicado em 09/07/2020


Logo nos primeiros reflexos da pandemia, a Revista Aldeia lançou um movimento pró-comércio local, o “Aldeie-se”. E, agora, com a reabertura qual vai ser sua postura?
 
E quando o comércio reabrir, o que você vai fazer? Vai correr para as grandes redes ou vai valorizar os empreendedores da sua cidade? Pense nisso. Um simples ato pode mudar economicamente a sua cidade, o seu bairro. 

Quando você compra do micro, do pequeno ou do médio, está contribuindo para melhorar o seu entorno, seja pela geração de renda, seja pelas oportunidades que naturalmente surgem. Comprando aqui, o seu dinheiro fica aqui! Simples assim. Isso é um ato cidadão. 

E que esta pandemia traga algumas lições. Quantas vezes você chegou numa loja e sequer foi atendido? Quantas vezes lhe olharam da cabeça aos pés e falaram que não tinha tal mercadoria? Quantas vezes pagou preço exorbitante? Quantas vezes você comprou por impulso? Sim, isso também é pandêmico.

Agora, que se aprenda com tudo isso! Para o consumidor, mais consciência na hora da compra. Para o empresário, mais espírito de associativismo e cooperativismo, mais zelo e empatia com o cliente. Não adianta abraçar a causa do comércio local se as práticas não mudarem. Comece comprando do pequeno, indicando um microempreendedor, olhando com outros olhos para a sua cidade, valorizando cada pessoa, cada ser humano que aqui transita. Perceba as diferenças entre empresas com valores e propósito das empresas meramente mercenárias! 

Repense seus serviços bancários. Enquanto os grandes bancos viraram as costas, as cooperativas de crédito se mantiveram presentes e próximas. E, o mais importante, se comprometendo com o desenvolvimento local. Igualmente, as cooperativa agro, que se adequaram rapidamente para continuar trabalhando e mantendo a cadeia que começa lá embaixo no pequeno produtor rural para chegar à sua mesa! 

Enfim, vá à feirinha também e compre de quem produz. Compre das mulheres. Dos jovens empreendedores. Das meninas sonhadoras. Das vovós bolacheiras. Tem tanta gente boa se virando aí! Pense nisso. Aldeie-se!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!