Matérias

Edição 145
CASCAVEL 69 ANOS

Um projeto para inspirar

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Divulgação

Publicado em 19/11/2020



Para comemorar os 69 anos de Cascavel, a Revista Aldeia pediu ao arquiteto Caio Smolarek, do Studio CSD, um projeto para Cascavel, e ele desenvolveu este belíssimo estudo sobre os “Centros de Bairros”. A ideia por trás da proposta é a de refletir sobre duas questões pertinentes. A primeira, explica, é atender às necessidades das comunidades em ter um centro comunitário, não somente para realizar festividades, mas também para ministrar cursos e ter espaços abertos para a socialização. A segunda é de instalar postos avançados da prefeitura nos bairros, evitando as viagens pendulares feitas pela população e o congestionamento da região central”, frisa.

O PROJETO
Aspectos contextuais
O terreno proposto para este projeto é genérico, podendo ser instalado em qualquer bairro da cidade. A edificação pode atender a população de todas as idades no mesmo espaço para atividades voltadas para cada grupo etário. Enquanto as crianças estão brincando na área central, pais e mães podem fazer cursos nas salas de aula, e assim por diante. 
 
/arquivos/images/renders%20para%20impress%C3%A3o_Photo%20-%201.png


Aspectos funcionais
O volume do Centro de Bairros foi dividido em cinco partes: administração, núcleos, salão comunitário/cantina/sanitários, salas de aula, auditório. Os volumes são unidos por uma cobertura em forma elipsoide, a qual tem cobertura translúcida, permitindo que seja iluminado naturalmente. Este espaço central permite que sejam realizados eventos abertos em área coberta como, por exemplo, uma feira de livros.

A geometria externa do edifício possui forma quadrangular, permitindo que seja escalonado e instalado em diferentes terrenos, se adequando com as necessidades do bairro onde está inserido. Na parte exterior, foram projetadas áreas de socialização ao ar livre, onde podem ser instaladas academias abertas para a população, dentre outros equipamentos.
/arquivos/images/renders%20para%20impress%C3%A3o_Photo%20-%204.png   /arquivos/images/renders%20para%20impress%C3%A3o_Photo%20-%206.png

Aspectos estéticos e compositivos
O complexo do Centro de Bairros possui geometria pura para facilitar sua construção. Os materiais empregados são todos locais, inclusive a madeira, a qual pode ser utilizada através de parceira com o Ibama, dando uso às madeiras apreendidas de cortes ilegais. 

Em relação ao volume, cuja matriz geométrica é um quadrado, é desconstruído em retângulos menores, cada qual abrigando seu respectivo uso. Cada um dos volumes tem altura diferente, também para melhor se adequar ao uso. Estas alturas diferenciadas permitem que a cobertura central seja ventilada naturalmente, maximizando o conforto térmico. Para manter uma linguagem unitária entre todos os volumes, a geometria externa desconsidera as alturas diferentes dos volumes, “fechando” o complexo na altura do auditório, a mais alta.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!