Matérias

Edição 149
WILSON JOFFRE

Uma praça, várias histórias

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Gina Prati

Publicado em 03/05/2021


Em um belíssimo ensaio, a fotógrafa Gina Prati mostra pequenas singelezas da Praça Wilson Joffre e, assim, constrói uma riquíssima memória histórica

Pouca gente sabe, mas a Praça Wilson Joffre já teve até zoológico e piscina. Inaugurada em 1967, na administração de Odilon Reinhardt, também tem algumas histórias veladas. Uma delas é que foi paga duas vezes, graças a um incêndio no Fórum, em 1968. Incêndio este que é outra lenda urbana.

Mas, polêmicas à parte, a praça, no coração da cidade, tornou-se ponto de encontro. Se no passado o burburinho era das disputadíssimas partidas de futebol de salão, até pouco tempo abrigou a feira do pequeno produtor e outros eventos. 

Agora, fechada para mais uma revitalização (já teve várias, a última em 2008), a praça vai receber novos equipamentos de lazer. No espaço de 12.100 m² serão instalados parques infantis, academia da terceira idade, decks de madeira, pergolado, alambrado, mesas de xadrez, bicicletário, lixeiras, bancos, rampas para deficientes, escadas de concreto e paisagismo.

O investimento da obra é de R$ 2.093.714,90, e a data prevista para a conclusão é 19 de outubro de 2021.
 
A fotógrafa Gina Prati é uma testemunha das transformações da Praça Wilson Jofre desde criança e também uma grande defensora deste santuário

SALVE AS PAINEIRAS!    
Os amantes das belíssimas paineiras, flamboyants e cambuís também podem ficar tranquilos. Elas serão preservadas. Segundo a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, somente três árvores serão substituídas durante a revitalização, seguindo o Plano de Arborização do Município.

Conforme análise técnica do Setor de Licenciamento Ambiental e Fiscalização, duas árvores da espécie “legustre” serão substituídas, sendo que uma delas encontra-se podre e a outra seca. As duas estão na calçada para o lado de fora da praça. Na parte interna da praça, apenas uma árvore, da espécie “extremosa”, que se encontra seca, será substituída.

Curiosidades 
Wilson Joffre Soares dos Santos, pioneiro que dá nome à praça, foi o primeiro médico de Cascavel. Fundou o primeiro jornal e o primeiro hospital da cidade, o Nossa Senhora Aparecida, que funcionou até o final da década de 1970. Faleceu de câncer, no dia 24 de dezembro de 1966. 
 
Praça Wilson Joffre em 1972, cinco anos após sua inauguração
​​​​​​Crédito: Acervo Xico Tebaldi

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!