Matérias

Edição 150
ROTEIROS RURAIS

Refúgio na mata

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Kauã Veronese

Publicado em 21/05/2021


Às margens do Rio Lopeí, o Sítio Refúgio na Mata é uma boa opção para quem deseja se reconectar com a natureza

Sabe quando você se pergunta: “Como eu ainda não conhecia este lugar?”. Essa é a sensação de quem visita o Sítio Refúgio na Mata, em São Roque do Lopeí. A 30 minutos de Cascavel, o Refúgio está sendo transformado pela empreendedora rural Jôsi Daiane Borelli num espaço de lazer ideal para quem quer colocar os pés no chão e curtir a natureza longe de aglomerações.
 
Jôsi às margens do Rio Lopeí: paixão pelas origens e aposta em turismo de reconexão

Numa área de 16 mil m², sendo mais da metade mata, o sítio é um oásis verde em meio a plantações. O grande atrativo é o Rio Lopeí que circunda toda a área. E é às margens dele que os visitantes podem desfrutar momentos agradáveis, seja tomando banho de cachoeira ou simplesmente curtindo o barulhinho da água à sombra de um lindo bosque.

Ainda sem estrutura de pouso, o local é alugado para piqueniques, sessões de foto, trilhas pré-agendas com equipe especializada e almoços. “É um ambiente ideal para reconexão com a natureza, por isso restringimos o acesso a um número limitado de pessoas, geralmente uma família por vez”, diz Jôsi.

De olho neste turismo de isolamento e de reconexão, em meio à natureza, Jôsi e o marido Daniel estão estruturando melhor o local. Já está em andamento a construção de um salão de festas em total integração com o verde e, futuramente, chalés para pernoite, além de equipamentos para a prática de arvorismo.
 
Sérgio, o peru, um bom anfitrião

AMOR AO RIO
Declaradamente apaixonada pelo Rio Lopeí, Jôsi até tentou morar na cidade, mas não via sentido na vida corrida e sufocada que levava. Nascida praticamente à beira do Lopeí, na mesma terra onde fica o sítio Refúgio, decidiu voltar às origens depois de engravidar de Eloísa. “Eu não era feliz lá, meu lugar é aqui. Eu sempre tive um forte vínculo com o rio, com a natureza, e não queria criar minha filha na cidade. Desejava pra ela a mesma liberdade da minha infância”, conta. 

Há 11 anos no sítio, a família começou a pensar em turismo rural em 2019. “É tudo muito recente. Fiz um curso do Senar de empreendedorismo rural e durante o período precisei elaborar um projeto. Na hora, pensei no sítio. Temos um verdadeiro tesouro aqui”, observa.
 
Luna, companheira de trilhas e aventuras

CASINHA DA ELÔ
Na entrada do Refúgio, o Casinha da Elô faz sucesso com a criançada e com os adultos. Construída por Daniel sobre os troncos de dois cedros e um pé de canela, a casinha, pintada de rosa, é pura fantasia. Mais que isso, tem alma, história... Na verdade, foi um presente de Natal do pai. “Deixei as madeiras todas cortadas à noite e levantei de madrugada para montar. Quando ela acordou, foi uma grande surpresa”. 
 

COMO CHEGAR
O Sítio Refúgio da Mata fica a 33 km de Cascavel, seguindo em direção a Toledo. Da entrada do Big Peixe ao local, são 2,9 km de estradinha de chão. Neste trajeto, pode-se contemplar a paisagem cercada por plantações e lindos bosques de araucária. Ah, o pôr do sol é incrível!
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!