A revista mais premiada do Paraná
13 anos de história
Edição 154
CONTABILIDADE

Na era do digital first

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Kauã Veronese

Publicado em 20/09/2021


À frente da Alpha Contabilidade, o contador Tiago de Oliveira Felix está investindo na digitalização dos serviços. Entre as vantagens, otimização e custos menores aos clientes

Quando a Alpha Contabilidade nasceu há mais de uma década, pouco se falava em digitalização do setor. Mas, em meio a montanhas de papéis, documentos, planilhas, notas fiscais, balanços, fluxos de caixa e demonstrativos, o contador Tiago de Oliveira Felix já visualizava outro cenário. E, mesmo sem muita referência, buscava soluções para a contabilidade on-line.

Hoje, seu escritório é um dos poucos da cidade a operar com robôs. Isso mesmo. A transformação digital chegou com tudo na gestão fiscal e contábil, dando mais agilidade aos processos e reduzindo custos. “Só não estamos 100% digitalizados porque decidimos pela conferência humana em alguns processos”, explica Tiago. 

Para chegar ao patamar atual, o contador fez uma trilha. “Comecei a pesquisar sistemas em 2011 já de olho em como seria a contabilidade dez anos depois. Mas tudo foi muito além daquilo que eu imaginava”, observa. Na época, Tiago até cogitou desenvolver um sistema próprio com tudo integrado ao cliente, mas esbarrou nos valores. 

Contratou então um sistema muito próximo do que imagina. Com base na inteligência artificial, processos mais complexos são simplificados. “O robô joga toda a contabilidade numa pasta e dispara para o cliente, via aplicativo ou e-mail. Tudo é muito transparente. Eu consigo ver, por exemplo, se o cliente recebeu uma guia, quando abriu esta guia, se pagou ou não pagou”.
 
Tiago e a esposa, também contadora, Klyselen: processos digitalizados e mais tempo para a contabilidade consultiva


CONTABILIDADE CONSULTIVA
Com isso, ganha-se tempo. Todas as operações repetitivas que eram feitas manualmente ganham agilidade com a inteligência artificial. Um trabalho como o fechamento da folha de pagamento das empresas que leva em média dez dias, o robô faz em três horas. Ainda, em quatro horas é possível fazer a contabilidade inteira de uma empresa de pequeno porte.

Pelo número de empresas que atende hoje, Tiago teria que ter pelo menos mais sete contadores. “Somos em quatro pessoas na equipe. Com uma estrutura menor, posso oferecer um custo menor para o meu cliente”, frisa.

Outra grande vantagem é que o profissional de contabilidade deixa de ser operacional para se tornar um consultor, passando a orientar seus clientes na gestão do negócio. “Antes eu via muita coisa errada nos meus clientes e não conseguia intervir. Agora, tenho tempo para fazer esta orientação”.

EXPANSÃO ESTADUAL
Na Alpha, a contabilidade 4.0 é um caminho sem volta. Com aplicativo próprio, site repaginado e inteligência artificial, a empresa mira clientes de todo o estado. “No trabalho on-line não há fronteiras. Poderíamos atender em todo o país, mas por questões de legislação, vamos focar nas micro e pequenas empresas do Paraná”.

Para aqueles que têm medo de tecnologia, um recado. Em pouco tempo, toda a estrutura governamental estará on-line. “Tudo passará a ser eletrônico. Depois da pandemia houve um ruptura positiva e o governo está simplificando as operações. Não precisamos sair do escritório para mais nada, até os atendimentos da Receita Federal e Receita Estadual são via chat”.

Neste cenário, o maior desafio é fazer o cliente entender que a forma de fazer negócios mudou e a contabilidade também. “Quanto mais tecnologia tiver, mais barato vai ficar para o próprio cliente. Como cobramos por hora e fazemos mais rápido, ele pagará menos honorário”, afirma Tiago.

Ele cita como um exemplo um cliente seu, que emite 300 notas fiscais aos mês. Antes, era tudo digitado manualmente. Agora, tudo importado via sistema. “O próprio sistema faz a leitura e diz se tem erro ou não”.

APLICATIVO PRÓPRIO
Outro recurso que o escritório de Tiago usa para organizar a rotina é o aplicativo próprio. Pelo APP, o cliente pode abrir solicitação, criar calendário e, o mais importante, ter um banco de dados com os documentos e contabilidade da empresa.

Ele nasceu a partir de uma demanda bem peculiar. “Mais de 70% das ligações que recebíamos era cliente pedindo documento. Agora, ele tem tudo lá, desde um contrato social ao faturamento da empresa”.
 
Acesse o site e confira todos os serviços:

Deixe seu comentário

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2021 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751