A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história
PTI-BR

“BoRa” lá no Parque Nacional do Iguaçu!

Texto Assessoria de Imprensa

Publicado em 08/03/2022


Startup incubada no PTI-BR desenvolve aplicativo para o Parque Nacional do Iguaçu. O BoRa foi criado para ampliar o acesso à educação ambiental em espaços de visitação, turismo, cultura e lazer

A Fubá Educação Ambiental, startup incubada no Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), lançou o aplicativo "BoRa Parque Nacional do Iguaçu", personalizado para cada espaço de visitação e ecoturismo do Parque Nacional do Iguaçu. 

Enquanto passeia, o turista recebe informações e curiosidades que o ajudarão a conhecer mais os atrativos do Parque Nacional do Iguaçu e sua biodiversidade. O aplicativo também serve como um guia pessoal em trilhas, áreas protegidas, zoológicos, aquários, parques urbanos, praças e museus sem precisar de conexão com a internet. 

De acordo com Mayla Valenti, doutora em Ciências e co-fundadora da Fubá Educação Ambiental, o BoRa foi criado para ampliar o acesso à educação ambiental em espaços de visitação, turismo, cultura e lazer. O aplicativo tem uma linguagem simples e direta, possui localização por GPS e todo o conteúdo pode ser visto offline. 

Ele também foi estruturado com base em gamificação, tornando a experiência mais lúdica e atrativa. “Além disso, todo o conteúdo foi pensado para ter acessibilidade: desenho universal, utilizando linguagem coloquial, contrastando cores; fontes de fácil leitura e imagens intuitivas. Os recursos de acessibilidade também incluem audiodescrição das imagens e vídeos com tradução em Libras", explica Mayla. 

O app está disponível para Android na Play Store pelo link: bit.ly/bora-pni. Informações do aplicativo nas redes sociais: @bora.fuba@fuba.ea
 
Incubadora Santos Dumont 
A Fubá Educação Ambiental conta com uma série de benefícios da incubadora Santos Dumont: Workshops, treinamentos, mentorias, acesso ao mercado e investidores; interação com a rede de parcerias do PTI-BR.   
Segundo o gerente do Centro de Empreendedorismo do PTI-BR e da Incubadora Santos Dumont, Regean Gomes, a missão do Parque Tecnológico é estimular a inovação e o empreendedorismo na região oeste do Paraná, acolhendo projetos que estejam em estágios iniciais ou mais avançados.  

 "Nossa atuação visa promover o desenvolvimento de startups da região e a consolidação destes negócios no mercado. Nosso ecossistema cria condições para que os empreendimentos cresçam. Assim, conseguimos atingir nosso objetivo que é gerar riqueza e bem-estar para a sociedade. O exemplo do aplicativo BoRa mostra como uma solução pode beneficiar nossa região e, ao mesmo tempo, ser aplicada em outras regiões brasileiras", explica Regean. 
 

Deixe seu comentário

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751