A revista mais premiada do Paraná
14 anos de história
LAR COOPERATIVA

Lérida Fantin é destaque na avicultura nacional

Texto Assessoria de Imprensa
Foto(s) Divulgação

Publicado em 01/04/2022


Lérida Fantin de Vargas em seu pronunciamento durante a solenidade de entrega do Prêmio Carne Forte

Lérida Fantin de Vargas, gerente da Lar Cooperativa, recebe prêmio nacional da avicultura

A médica veterinária e gerente geral das quatro indústrias de frango da Lar, Lérida Fantin de Vargas, recebeu, em São Paulo, o Prêmio Carne Forte. Lérida foi a homenageada nacional como destaque na avicultura.

O Prêmio Carne Forte reconhece e valoriza os profissionais, e também autoridades, que foram importantes na cadeia produtiva de proteína animal, abrangendo os setores de aves, suínos, bovinos, pescados, entre outros. A votação é feita pelos profissionais do setor das indústrias de carnes e imprensa especializada, que definem os melhores do ano em cada categoria.

Na Lar Cooperativa, Lérida iniciou sua trajetória há 22 anos, atuou como responsável pelo controle de qualidade, depois como gerente da Unidade Industrial de Aves em Matelândia e atualmente é a coordenadora geral das indústrias da Lar, o que corresponde a um abate na ordem de 1 milhão de aves/dia.  
 

“Me sinto realmente honrada de através da Lar Cooperativa poder representar a avicultura e receber esse reconhecimento. Somos um time, crescemos juntos, equipe técnica do campo, comercial, qualidade, rh, equipes das indústrias dedicadas, muita gente envolvida. Esse prêmio é da Avicultura da Lar, divido com todos este mérito”, disse.


Além das funções de gerência exercidas na Lar, a relevância da Lérida na avicultura se dá devido à forte atuação dela em nível nacional nas entidades, Ministério da Agricultura, Sindiavipar, representando tecnicamente o setor, contribuindo na busca constante pela sanidade e lutando pela causa de aliar produção com qualidade e viabilidade das indústrias. 

Trajetória e visão profissional
Lérida atua há 30 anos na avicultura. Além de médica veterinária, ela é mestre em tecnologia de alimentos e possui diversas especializações, o que evidencia a sua busca por constante capacitação para estar bem preparada no que tange a cadeia produtiva de aves e um produto de qualidade para o consumidor final. 

Após a aquisição da quarta indústria de aves da Lar, surgiu a necessidade de uma gestão 360 graus, e com a missão de contribuir para otimizar os processos, produção detalhadamente planejada, e zelar pela padronização de todos os produtos o que detalham as atuais responsabilidades da gestora. 

Ao ser questionada sobre quais seriam os pontos de destaque em sua trajetória e que contribuíram para que se tornasse a referência que é hoje para o setor avícola ela menciona três. Inicialmente ela relata a importância da atualização e do conhecimento devido ao dinamismo do mundo global, o profissional precisa estar preparado. 

O segundo ponto mencionado é a comunicação com o quadro de funcionários, considerando os quatro frigoríficos são mais de 18 mil pessoas. “São o nosso grande patrimônio, precisamos cuidar delas, estar próximo, acompanhando, dar atenção, orientar, ensinar e tratar diferentes situações que ocorrem no dia a dia”, relata.
 
Maria Antônia Ferreira, diretora da Enterprise (organizadora do evento), Lérida Fantin de Vargas e o prefeito da cidade de Lambari, Ângelo Duarte de Menezes Alves

E o terceiro tópico destacado por ela é o aperfeiçoamento contínuo para o autodesenvolvimento, reforçando temas como estudar outro idioma e inovação, indispensáveis no cenário atual na visão dela.  

Léria encerrou a entrevista ressaltando a importância do papel dos avicultores na cadeia produtiva do frango.  

De acordo com ela a qualidade do produto final é definida nos aviários. “O frigorífico não consegue mudar nada do que ele recebe, é apenas o local que transforma a matéria-prima em cortes e industrializados”, ressaltou ao agradecer pela dedicação de cada avicultor da Lar Cooperativa que faz parte desse amplo processo produtivo. 

Deixe seu comentário

Expresse, fale, opine, sugira! Nós queremos fazer nossa Aldeia cada vez melhor.

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
© 2022 REVISTA ALDEIA Todos os direitos reservados.
Alguma dúvida? Nos te ajudamos. Ligue: (45) 3306-5751