Matérias

Os filhos de Janete

Publicado em 08/03/2017

É rodeada pelos cinco filhos que a professora Janete Gaspar se sente à vontade para falar de uma tragédia que mudou sua vida e da coragem para recomeçar

Texto: Rejane Martins Pires
Fotos: Vanderson Faria

“É uma dor que não tem nome”, diz a professora Janete Gaspar, referindo-se à perda dos dois filhos: Caroline, de 12 anos, e Cristian, 9, ocorrida há 14 anos. As crianças morreram em um acidente com o carro que Janete dirigia na BR 277. Por muito tempo, ela questionou a razão da tragédia, a interrupção da vida, enfim, o natural caminhar do tempo. “Por que eles e não eu?”, indagava. Não havia resposta. Simplesmente aceitou o que ela chama de “vontade de Deus” e seguiu em frente. Nunca pensou em desistir da vida, mas também nunca pensou que iria ter outros filhos. “Era um momento novo para nós. Eu achava que Deus já tinha me dado dois filhos, embora não estivessem mais comigo”, afirma. “Mas, o Almir, meu esposo, sempre quis muitos filhos e, por vontade divina, um ano depois do acidente nasceu Emanoel, hoje com 13 anos”.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!