Matérias

É pra casar

Publicado em 15/03/2017

Ele tem 35 anos e está no sétimo “casamento”. No casa-separa, nunca conseguiu “juntar” nada. Na divisão de bens, só sobrava o suficiente para comprar um fusca. Foram seis fuscas

Texto: Rejane Martins Pires
Fotos: Vanderson Faria
O garçom Marcelo Victor Stievené é um especialista em matéria de casamentos (e separações). Aos 35 anos, já casou sete vezes. O primeiro foi aos 18 anos, com Tatiana. Durou 12 anos. Desta relação nasceu seu único filho, Igor. Depois veio a Silmara, a Claudete, a Leci e a Salete. Isso num período de cinco anos e nove meses. Os casamentos-relâmpago, explica, serviram de lição. No casa-separa, nunca conseguiu “juntar” nada. Na divisão de bens, só sobrava o suficiente para comprar um fusca. Foram seis fuscas. “Tive fusca de todas as cores. Azul, branco, bege, vermelho e amarelo”, conta.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.
×

Assine Aldeia

Por apenas R$ 9,90* / mês.

Deixe seu telefone, nós ligamos para você.
Venha fazer parte da nossa tribo!