Matérias

Turismo

Cascavel perde 10 milhões ao ano por falta de centro de convenções

O cálculo, estimado pelo Cascavel Convention & Visitors Bureau (CCVB), entidade responsável pela captação, organização, operacionalização e fomento do turismo de eventos, lazer e negócios na cidade. “Infelizmente, perdemos bons eventos todos os anos.

Texto Rejane Martins Pires
Foto(s) Fábio Conterno


Cascavel deixa de movimentar cerca de R$ 10 milhões por ano por não ter um centro de convenções com estrutura para receber grandes eventos como congressos, feiras, conferências e simpósios. O cálculo, estimado pelo Cascavel Convention & Visitors Bureau (CCVB), entidade responsável pela captação, organização, operacionalização e fomento do turismo de eventos, lazer e negócios na cidade. “Infelizmente, perdemos bons eventos todos os anos. É preciso mudar essa realidade para que a cidade possa se projetar como um destino viável”, afirma o presidente do CCVB, Felipe Casagrande.
Regionalmente, em termos de estrutura, Cascavel está muito aquém de muitas cidades, a exemplo de Foz do Iguaçu e Maringá. “Nossa maior referência é Maringá, pois sem recursos naturais, como Foz, é uma cidade que conseguiu, através da união de esforços locais, desenvolver o turismo e criar uma grande fonte geradora de empregos e renda”.
Casagrande retoma o assunto num momento em que a comunidade local ainda discute a compra do prédio do Atacado Liderança para servir como novo centro de convenções e eventos. O Convention defende a aquisição por se tratar de uma estrutura ideal e, o melhor, pronta. “Temos algumas pesquisas internas de eventos que poderiam vir para a cidade e deixaram de ser realizados aqui pela falta de infraestrutura local. É urgente superarmos esta barreira”, afirma. 
Caso a aquisição se concretize, explica Felipe, a primeira ação do CCVB é se comunicar com diversas agências e entidades do setor que Cascavel está apta a receber tais eventos. “Sempre lembrando que se trata de um trabalho gradativo, por isso precisamos do apoio de mais entidades além das empresas mantenedoras, pois vender a cidade gera custos e temos que ter um mínimo investido para fazer isso da melhor forma e mais rápido”.

NA PAUTA
No dia 17 de outubro, às 19 horas, haverá audiência pública na Câmara Municipal para debater com a população e com os segmentos organizados da sociedade a viabilidade da compra do antigo prédio do Atacado Liderança. O pedido de audiência foi protocolado em junho pelos vereadores Fernando Hallberg (PPL), Pedro Sampaio (PSDB), Serginho Ribeiro (PPL), Policial Madril (PMB) e Damasceno Júnior (PSDC).


O NOVO PRÉDIO 
  • Área total de 68.677,37 metros quadrados 
  • Área edificada de 17.494,77 metros quadrados
  • Salão principal 10 mil metros quadrados
  • Sistema de ar condicionado central, auditório, restaurante, cozinha, refeitório, banheiro e um hotel com nove quartos e 28 leitos
  • A área de estacionamento e pátio de manobras conta com 24.568 metros quadrados e pode ser expandida em mais 26.515 metros quadrados

O que é o Convention – O Cascavel Convention & Visitors Bureau é um organismo de captação, organização, operacionalização e fomento do turismo de eventos, lazer e negócios na cidade, sem fins lucrativos, apartidário, mantido pela iniciativa privada. São empresas do ramo hoteleiro, gastronômico, eventos, comércio varejista e turismo em geral. Mais informações pelos telefones (45) 98409-6299 com Felipe Casagrande e (45) 98809-4660, com Cristiane Hickmann, executiva do Convention.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Importante: Comentários com conteúdo sensível, impróprio ou que for considerado inadequado – por qualquer motivo, a critério do moderador – serão sumariamente deletados.

Deixe seu comentário.