Poeme-se

rejane martins

ando na contramão do tempo
incompreensível caminho

te vejo infinito
figura inquietante
luz sem retorno

arquipélago
atemporal
tempo, tempo

 

Rejane Martins Pires